Microsoft Explica Limitação de Conteúdo na Xbox Live Brasil

A cada mês o número de jogos disponíveis no serviço brasileiro da Xbox LIVE do Xbox 360 cresce mais, mas mesmo assim a maioria dos jogadores que optaram por migrar para a conta brasileira se sentem prejudicados/desprestigiados em relação ao vasto conteúdo disponível na rede dos demais países.

A Microsoft divulgou uma nota nos canais do Facebook, Twitter e no fórum oficial do Xbox nacional para esclarecer como funciona de fato a distribuição digital de jogos no Xbox Live, após monitorar uma série de comentários publicados nestas redes.

“O serviço Xbox LIVE é um sistema gerenciado pela Microsoft, mas que não sobrevive sem o apoio das distribuidoras. Eles possuem controle e autonomia para definir quais jogos serão publicados ou removidos do serviço, bem como seus conteúdos”, explica a nota.

Sobre a defasagem em relação aos outros países, a nota explica que se trata do processo de regulamentação do Ministério da Justiça, pelo qual todos os jogos precisam passar, ou seja, a classificação etária antes de serem comercializados. “Hoje, o time de Xbox Brasil faz um trabalho de conscientização junto aos distribuidores de jogos locais, para que estes façam o processo de classificação etária obrigatória para o produto ser comercializado no país e, com isso, possam ter seus jogos publicados no Xbox LIVE”.

A Microsoft afirma o esforço em oferecer ainda mais conteúdo para os jogadores brasileiros “Trabalhamos com o intuito de demonstrar todo o potencial do Brasil para que mais empresas do segmento invistam no país, pois só com a consolidação do mercado é que teremos cada vez mais conteúdo, jogos e preços acessíveis para vocês”.

A empresa também agradece aos comentários e pede que os jogadores também se mobilizem para pedir o mesmo empenho das distribuidoras. “Enviem seus comentários para nós ou para os ‘publishers’ com presença oficial no Brasil ou no exterior”, diz.